QUANDO VERBOS E SUBSTANTIVOS SÃO A MESMA PALAVRA

contact us



A versatilidade do vocabulário em inglês é uma coisa famosa. Entre os muitos exemplos disso está a grande quantidade de palavras que podem ser tanto verbos quantos substantivos. Tudo depende de como são usadas. Neste texto, vamos conhecer algumas das mais comuns, com os devidos exemplos de toda essa versatilidade em ação. Vamos lá!


– Uma visão geral – access, address, answer, aim

Para começar, separamos quatro palavras bem comuns – e todas começando apenas com a letra a, para você ter uma ideia de como este tema é extenso.

Dessas quatro, access e answer têm significados análogos quando são verbos (v – verbs) ou substantivos (n – nouns):

– Access (n): I don’t have access to the platform.  (Eu não tenho acesso à plataforma).

– Access (v): He was fired because he accessed confidential files. (Ele foi demitido porque acessou arquivos confidenciais).

 

– Answer (n): I can’t find the answer in this book. (Não consigo encontrar a resposta neste livro).

– Answer (v): I answer questions from customers the whole day. (Eu respondo perguntas de clientes o dia todo).

 

Mas aim e address podem ter sentidos muito diferentes! No caso da primeira, há dois sentidos, tanto como verbo (mirar, objetivar) quanto como substantivo (mira, objetivo):

 

– Aim (n): Him aim is to become a director before he is 30. (O objetivo dele é se tornar diretor antes de ter 30 anos).

– Aim (v): We aim to increase production and create jobs. (Nós objetivamos aumentar a produção e criar empregos)

– Aim (n): Mike is an excellent shot. His aim is nearly perfect. (Mike atira muito bem. Sua mira é quase perfeita).

– Aim (v): They aimed their guns and fired at the enemy. (Eles miraram suas armas e atiraram no inimigo).

 

No caso de address, como substantivo é mais comum como endereço, mas também pode ser abordagem, comunicação ou discurso. Como verbo, uma tradução comum é abordar.

 

– Address (n): What is your email address? (Qual o seu endereço de e-mail?)

– Address (n): The presidential address on the crisis was too vague. (A comunicação presidencial sobre a crise foi vaga demais).

– Address (v): We must address these issues before we make any plans. (Precisamos abordar esses problemas antes de fazermos qualquer plano).

 

– As que se parecem…

Pela explicação acima, já podemos concluir que há muitas palavras que significam algo parecido quando são usadas como verbos ou substantivos. Outros exemplos incluem:

– Arrest – (prender; preso)

– Alert – (alertar; alerta)

– Contrast – (contrastar; contraste)

– Divorce – (divorciar; divórcio)

– Dance – (dançar; dança)

– Escape – (escapar; escapada)

– Experience – (experienciar; experiência)

– Face – (encarar; cara/face/rosto)

– Grill – (grelhar; grelha)

– Highlight – (destacar; destaque)

– Laugh – (rir; risada)

– Mark – (marcar; marca)

– Need – (necessitar; necessidade)

– Offer – (oferecer; oferta).


– As que não tem (ou podem não ter) nada a ver

Mas as coisas começam a complicar quando os significados são praticamente inimagináveis:

– Back (retroceder; costas):

Can you back up a minute? I didn’t catch what you said. (Você pode voltar um minuto? Eu não entendi o que você falou).

My back hurts. (Minhas costas doem).

 

– Crush (apertar / amassar / esmagar; aperto / amasso / esmagamento; paixão, ou “ter  uma queda” por alguém)

You have to crush the almonds first. (Você tem que esmagar as amêndoas primeiro).

I think she has a crush on you. (Eu acho que ela tem uma queda por você).

 

– Head (ir para, ou estar em uma direção; cabeça)

Where are you headed? (Para onde você está indo?)

That dog has a very large head. (Aquele cachorro tem uma cabeça enorme).

 

– Handle (lidar; maçaneta, cabo)

He said he would handle that client. (Ele disse que lidaria com aquele cliente).

I was trapped in the sauna when the door handle came off. (Eu fiquei preso na sauna quando a maçaneta da porta saiu).

 

Produce – produzir – pronúncia: prodUce (u). E frutas e legumes (vegetais) – pronúncia: prÓduce (ó).

They produce more items in the end of the year. (Eles produzem mais itens no fim do ano).

We’ve bought some fresh produce for dinner. (Compramos vegetais frescos para o jantar).


– Parece, mas não é

Há também as coincidências: palavras que são escritas da mesma forma, mas que não tem absolutamente nada a ver uma com a outra. Por exemplo:

 

– Lead – Liderar; liderança – pronúncia: lEEd (i). E chumbo – pronúncia: léd (é).

I’ll lead the campaign. (Eu vou liderar a campanha)

She took the lead in the last race. (Ela tomou a liderança na última corrida).

He died from lead poisoning. (Ele morreu de envenenamento por chumbo).

 

– Lie – mentir; mentira. Mas também pode ser deitar.

They lie all the time. (Eles mentem o tempo todo).

I’m going to lie down a little. (Vou me deitar um pouco).

 

Tem muito mais…

Mesmo algumas das palavras que apareceram neste texto têm ainda outros significados. Handle também pode ser o verbo manusear; answer pode ser atender (o telefone ou a porta, por exemplo).

Mas o fato é que há centenas de palavras que podem ser verbos ou substantivos.

E há muitas outras situações parecidas. Light, por exemplo, pode ser acender, luz e o adjetivo leve. Como afirmamos no começo, o vocabulário da inglesa tem uma versatilidade enorme. Dominar essa versatilidade está no cerne da fluência como um todo.

Uma coisa que você pode fazer é circular quando uma palavra que você já conhece aparece com uma função diferente da que você está acostumado. Ler será sempre fundamental para o seu aprendizado.

Por enquanto, é isso!

Mas para outras dicas como esta, fique ligado no blog do Instituto Mindset!

Quer saber mais sobre nossos cursos?

Quer saber mais sobre nossos cursos?



Home >

Conheça o Instituto

em um dos cursos?

Agende sua reunião gratuita!






X

Conheça o Instituto

Agende sua reunião gratuita!
Agendar minha reunião
Teste seu inglês!
Venha testar seu nível de inglês
Saiba mais! X