JEITOS FORMAIS E INFORMAIS DE DIZER A MESMA COISA

contact us



Formalidade é um tema recorrente nos cursos de inglês. Todos querem saber qual é a melhor maneira de dizer alguma coisa. E essa melhor maneira tende a ser contextual. Assim como não costumamos falar da mesma forma entre amigos e em uma entrevista de emprego em português, a língua inglesa também tem suas diferentes faces.

Neste texto, vamos aprender um pouco sobre formalidade e contexto, com exemplos de como podemos dizer a mesma de um jeito formal e informal.

 

Uma questão de personalidade

Se dois colegas de trabalho têm diferentes histórias de vida, eles provavelmente não vão falar da mesma maneira. Ainda que o ambiente de trabalho padronize termos e expressões, a personalidade de cada um determina em muito como falamos. E isso não significa um “melhor” e um “pior”.

Uma pessoa mais formal poderá dizer coisas como:

 

– We have discussed this issue at length.

(Nós discutimos este assunto extensivamente).

 

– They are requesting an increase in their funding.

(Eles estão requisitando um aumento em seu financiamento).

 

– However, we have been fortunate on this matter.

(Entretanto, tivemos sorte nesse tema).

 

– We will receive news shortly.

(Receberemos notícias em breve).

 

– I apologize for what I said earlier.

(Peço desculpas pelo que disse anteriormente).

 

E uma pessoa mais informal poderá dizer as mesmas coisas das seguintes formas:

 

– We talked about it a lot.

(A gente falou muito disso).

 

– They’re asking for more money.

(Estão pedindo mais dinheiro).

 

– But we were lucky with this.

(Mas tivemos sorte com isso).

 

– We’ll be hearing about that soon.

(A gente vai ficar sabendo disso logo).

 

– Sorry for what I said before.

(Desculpa pelo que eu falei antes).

 

Mas o que mudou entre essas duas maneiras de dizer alguma coisa?

As trocas principais foram:

 

We have discussed <> We talked about

At length <> A lot

Request <> Ask for

Increase in <> More of

Funding <> Money

However <> But

Fortunate <> Lucky

Receive news <> Hear about

Shortly <> Soon

I apologize <> Sorry

Earlier <> Before

Nesses casos, dizer algo de uma certa forma ou de outra não fará muita diferença na maioria dos ambientes.

Mas há situações em que a formalidade é essencial e esperada.

 

Contextos e práticas

Além da questão das personalidades moldadas por experiências de vida diferentes, que levam a um nível natural de formalidade, esse caldo às vezes engrossa. É quando temos que racionalmente considerar se devemos ser formais ou informais.

No caso da escrita, temos que saber que o texto informal e o formal não são uma questão de qualidade ou de personalidade, mas sim do que é esperado pelo mundo.

Texto formal – no texto formal, como o acadêmico, o jurídico e o empresarial, a comunicação tende a ser impessoal – não é aceitável usar o idioma na versão natural do convívio social.

Isso envolve um uso maior da voz passiva e, claro, outras escolhas lexicais.

Por exemplo:

 

Dear Mr…; Mrs…; Ms…; Sir; Ma’am

(Prezado Sr…; Sra; Srta…)

 

I hope this e-mail finds you well.

(Espero que este e-mail o encontre bem – literal).

 

It has come to my attention that…

(Chegou-me à minha atenção que…)

 

It is said that…

(É dito que… – literal)

 

Have you considered our proposal?

(Você já considerou nossa proposta?)

 

Give my regards to…

(Mande lembranças a…)

 

At your first convenience.

(Assim que lhe for conveniente – adaptado)

 

In light of the fact that…

(À luz do fato de que… – literal)

 

Do not hesitate to contact us again.

(Não hesite em nos contactar novamente…)

 

Texto informal

Em situações em que não haja a necessidade de distância pessoal, a língua costuma ser mais natural, ou seja, menos filtrada por expectativas estéticas ou burocráticas. Vamos ver como as expressões formais acima podem ser usadas de forma informal:

 

Hello/Hi/Hey, Bob.

(Olá/Oi/Hei, Bob).

 

I hope you’re doing well.

(Espero que você esteja bem).

 

I heard that…

(Eu escutei que…)

 

People are saying that…

(O pessoal está dizendo que…)

 

Did you have a chance to think about our proposal?

(Você teve uma chance de pensar na nossa proposta?)

 

Say hello to…

(Diga um oi para…)

 

As soon as you can.

(Assim que você puder).

 

Because…

(Porque…)

 

If there’s anything else, just let me know.

(Se tiver qualquer outra coisa, é só me falar).

 

A voz e o texto falado

Não há muita diferença entre as formas como falamos e escrevemos quando as situações são formais. Afinal, precisamos nos distanciar um pouco de uma interação mais pessoal com as outras pessoas. Mas há outros elementos a serem considerados.

Por exemplo:

A cadência da voz: a ritmo da fala, a maneira como reagimos a informações, a ligação entre a voz e a linguagem mais neutra e profissional do corpo, tudo isso conta. Tudo isso comunica uma atitude formal.

A pronúncia: a pronúncia precisa ser estudada para que a formalidade se mantenha. Deslizes com a pronúncia podem comprometer não somente a qualidade da comunicação, como também a imagem que você quer passar de si.

A enunciação: pôr o som para fora, com confiança e clareza, e levando os dois aspectos anteriores em consideração – algo essencial para quem precisa participar de reuniões e falar em público.

 

Por fim, o óbvio: muitas pessoas não conseguem fazer um bom salto da linguagem informal para a formal nem em suas línguas nativas. É necessário estudar profundamente os detalhes da língua e das culturas que a promovem para que essa diferença fique cada vez mais clara.

Então não perca tempo!

Venha conhecer o que o Instituto Mindset pode fazer por você e a sua carreira!

Quer saber mais sobre nossos cursos?

Quer saber mais sobre nossos cursos?



Home >

Conheça o Instituto

em um dos cursos?

Agende sua reunião gratuita!






X

Conheça o Instituto

Agende sua reunião gratuita!
Agendar minha reunião
Teste seu inglês!
Venha testar seu nível de inglês
Saiba mais! X