GÍRIAS, EXPRESSÕES E BUZZWORDS EM BUSINESS ENGLISH

contact us



Ah, os jargões… ame-os ou odeie-os, eles estão aí, fazendo parte da vida de milhões de profissionais em seus ramos específicos. São palavras que muitas vezes significam alguma coisa somente para aqueles que pertencem a um certo grupo. Com o tempo, vão se firmando dentro da cultura de cada segmento, formando gírias – expressões, gírias, siglas, etc. –  e se espalhando com o vento (ou por e-mails, calls, num briefing, durante a meeting de pitch, e por aí vai).

Usando os termos dos parênteses acima como exemplo, não há ninguém no Brasil que não entenderia se você dissesse que precisa fazer uma ligação (call), participar de uma reunião informativa (briefing) ou de uma reunião de vendas (pitch meeting). Mas se você falar com o dono da padaria usando buzzwords (“palavras do momento” – e também, ela própria, uma buzzword), que, no Brasil, são comumente originadas na língua inglesa, é grande a chance de que ele não entenda bulhufas.

É essa exclusividade que torna o jargão o que é – e com certeza tem jargão de padaria que você também não conhece, aliás!

Então, para melhorar o seu vocabulário de business, O Instituto Mindset apresenta alguns importantes representantes de dois grandes campos da gíria: buzzwords e expressões.

1) 10 BUZZWORDS

Buzzword Explicação Exemplo
Leverage (v, n) Alavancar; explorar, tirar
vantagem; dar potência a algo
(como por meio de
investimentos, por exemplo)
This team needs to have the
tools and expertise to
leverage our production.
(Esta equipe precisa ter as
ferramentas e conhecimento
para alavancar nossa
produção).
Alignment (n) Alinhamento – tem sido
usado em inglês em vez de
agreement (acordo).
We are heading to an
alignment with a big investor.
(Estamos chegando a um
alinhamento com um grande
investidor).
Bandwidth (n) Largura de banda – expressão
relacionada à velocidade da
Internet, tem sido usada para
significar o potencial de um
profissional ou equipe para
realizar uma tarefa.
I like Bob, but I just don’t
think he has the bandwidth to
get to the numbers we need.
(Eu gosto do Bob, só não
acho que ele tenha a “largura
de banda” necessária para
chegar os números que
precisamos).
Disruptive (n) Literalmente, algo como
“perturbador” ou “destrutivo”
– mas serve para falar de algo
que muda totalmente as
regras de um mercado, como
uma grande inovação
tecnológica. Logo, é positivo.
Mais recentemente, adaptou-
se o termo para o português:
“disruptivo”.
The rise of cryptocurrencies
is a major disruptive force in
global capitalism. (A
ascensão das criptomoedas é
uma grande força disruptiva
no capitalismo global).
Bid Data (n) São dados em enorme
quantidade analisados por
softwares para que empresas
adequem seus produtos a
perfis mais específicos de
clientes, entre outros usos.
Big Data allows us to show
consumers ads related to their
online shopping history. (Big
Data nos permite mostrar aos
consumidores propagandas
relacionadas a seu histórico
de compras online).
Deliverable (n) Algo que precisa ser
entregado dentro de um certo
prazo como parte de um
projeto maior.
I just don’t have any free time
this week. I have a lot of
deliverables right now. (Eu
não tenho nenhum tempo
livre nesta semana. Tenho
tantas coisas para entregar).
Pain point (n) “Ponto de dor”. Problema
identificado e que precisa ser
sanado, como problemas
recorrentes de clientes, por
exemplo.
A major pain point in web
design is to make sure that the
landing page is user-friendly.
(Um grande ponto de dor
para a web design é garantir
que a página principal é fácil
de usar).
Takaway (n) A mensagem mais importante
de, por exemplo, uma longa
reunião.
The takeaway is that we
should all feel encouraged to
give our opinions. (A
mensagem principal é que
todos devemos nos sentir
encorajados a das nossas
opiniões).
Ramp up (v) Aumentar, elevar We are trying to ramp up our
sales figures. (Estamos
tentando elevar nossos
números de vendas).
Hack (v, n) Gíria de computação para
consertar ou modificar
alguma coisa. “Dar um jeito”;
“improviso”.
Sheila did a hack or two and
now the system is at least
temporarily back online.
(Sheila deu um jeito e agora o
sistema está pelo menos
temporariamente online de
novo).

  • EXPRESSÕES

 

E agora, mais 10 expressões também muito comuns:

1) At the end of the day: “No fim do dia”. Na verdade, significa “afinal”, “no fim das contas”, “o que é importa é…”:

At the end of the day, our costumers need to be happy. (Afinal, nossos clientes precisam estar felizes).

 

2) Our lines were crossed: “Nossas linhas foram cruzadas”. Significa que houve um erro de entendimento de uma ou ambas as partes (falha de comunicação):

– I’d like to clarify something here because it seems our lines were crossed. (Eu gostaria de esclarecer uma coisa aqui porque parece que “nossas linhas foram cruzadas”).

 

3) To take the lead: “Tomar a liderança (ou a dianteira)”:

– I’m sorry, Bob, but Sheila will be taking the lead from now on. (Desculpe, Bob, mas a Sheila vai tomar a dianteira a partir de agora).

 

4) To build consensus: “Construir consenso”. Significa convencer um grupo de pessoas aceitar uma ideia:

– I’m afraid you’ll have to build some consensus before we can approve this. (Sinto que você terá de “construir consenso” antes que possamos aprovar isto).

5) To give the heads up: Intraduzível literalmente, significa “avisar”, “dar um toque”:

– Don’t worry, I’ll give you the heads up before you are called to the meeting. (Não se preocupe, eu te aviso antes de você ser chamado para a reunião).

 

6) A win-win situation: “Uma situação de vitória-vitória”, literalmente, quer dizer que é um acordo em que todas as partes saem ganhando:

– As I see it, having a big sale in August could really be a win-win situation for us and our customers. (Como eu vejo, ter uma grande liquidação em agosto pode ser vantajoso para nós e nossos clientes). 

 

7) A long shot: Um objetivo muito difícil de alcançar:

– Expecting sponsorship may be a long shot right now. (Esperar patrocínio pode ser algo distante agora).

 

8) To call it a day: Expressão usada para “terminar o dia”, “ir embora”.

– Look at the time. I’m calling it a day, guys. (Olhe a hora. Estou indo embora, pessoal).

 

9) To go the extra mile: algo como “avançar mais uma milha”, ou seja, dar mais de si, ou fazer mais do que os outros.

– I’m very much willing to go the extra mile to see this done. (Estou muitíssimo disposto a dar tudo de mim para isto ser feito).

 

10) The sweet spot: Literalmente, “o ponto doce”. Significa o objetivo mais importante ou uma grande vitória, “a sorte grande”:

–  We really hit the sweet spot with our new ice-cream flavor. (Tiramos a sorte grande com nosso novo sabor de sorvete).

 

Para mais dicas, fique ligado no blog do Instituto Mindset. E para fazer o seu inglês voar, venha conhecer os nossos serviços!

Quer saber mais sobre nossos cursos?

Quer saber mais sobre nossos cursos?



Home >

Conheça o Instituto

em um dos cursos?

Agende sua reunião gratuita!






X

Conheça o Instituto

Agende sua reunião gratuita!
Agendar minha reunião
Teste seu inglês!
Venha testar seu nível de inglês
Saiba mais! X