COMO INCLUIR UM IDIOMA NOVO NA SUA ROTINA EM CASA

contact us



Para muitos, conseguir encontrar a disciplina para estudar em casa por conta própria não é uma tarefa fácil. E mesmo para os mais experientes nessa difícil arte, quando o objeto de estudo é uma língua estrangeira, estudar pode se tornar uma tarefa cansativa. Felizmente, há muitas maneiras de avançar no domínio do idioma de maneiras mais apropriadas para cada estilo de vida. Então vamos conhecer algumas delas!

 

  • Conhecendo a si mesmo

Estudar em casa requer termos ciência de onde estamos em relação a onde queremos chegar. A segunda parte é fácil: queremos a fluência, claro! Mas a primeira não é tão simples assim. Felizmente, há meios de descobrir o seu nível sem muito esforço. Se você quiser, pode fazer um teste em uma instituição especializada online, o que normalmente não tem custos. Mas você também pode tomar as rédeas dessa tarefa para si e analisar o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

 

Nele, é possível mensurar o que você é capaz de fazer em termos de comunicação e definir a si a mesmo em algum nível: de A1 (iniciante) a C2 (domínio pleno).

 

Depois disso, você pode pesquisar o que os materiais de ensino reservam para pessoas do seu nível. Um estudante de inglês de nível B1 (intermediário), por exemplo, precisará dominar a gramática dos tempos simples – presente, passado e futuro – uma fala boa o suficiente para desenrolar uma conversa não muito complexa e uma compreensão auditiva que lhe permita, no mínimo, entender os pontos principais de um vídeo ou áudio em inglês nativo.

 

A partir daí, torna-se mais fácil encontrar materiais – tanto de gramática, quanto textos e audiovisuais – que tornem o aprendizado de inglês algo mais compreensível e menos torturante (uma grande causa por trás das desistências). E as possibilidades são muitas, mas é preciso se aplicar!

 

  • Disciplina ou integração?

Não há como fugir do fato de que sem trabalho, não há recompensa. Isso é verdade para qualquer coisa que queiramos aprender, e não é diferente no caso de uma língua estrangeira. O truque aqui é fazer com que o aprendizado seja integrado ao seu cotidiano. Como fazer isso?

 

É comum para os adultos que as horas de trabalho tornem o lar um ambiente mais propício às atividades familiares, ao entretenimento e ao descanso. E aí, “disciplina para aprender inglês” acaba virando facilmente um sinônimo para “aquela coisa que jamais faremos”. Mas enquanto você está assando aquele churrasco, você sabia que o espeto é skewer, mal-passado é rare e carvão de churrasco é charcoal? How would you like your meat? (Como você quer a sua carne?)

 

O ponto aqui é que tudo o que você faz em português tem uma versão em inglês e em qualquer outra língua. Você não precisa se distanciar dos seus afazeres para conseguir avançar no idioma. Seja fazendo um churrasco, lendo uma história para as crianças, aprendendo uma receita ou colocando a sua série favorita em dia com legendas na língua-alvo, há sempre uma maneira de trazer o aprendizado para dentro da sua vida.

 

Tenha apps – como dicionários com pronúncia, conteúdos de gramática – e use-os como consulta sempre que precisar. E siga produtores interessantes de conteúdo na língua-alvo, sobre tudo isso que você já normalmente faz, nas mídias sociais.

 

  • Interesses culturais

Outra maneira fundamentalmente necessária para trazer o idioma novo para dentro da sua vida é por meio dos seus interesses culturais. Assim como na dica anterior, as mídias sociais podem ajudar. Para quem gosta de ciência, história, esportes, celebridades, etc., o YouTube tem infinitas coleções de vídeos, muitos deles com legendas geradas automaticamente, para você devorar no seu tempo livre. É o chamado ócio criativo em ação!

 

Aqui, curiosidade é um fator decisivo. Se você tiver essa característica, ela vai te levar a pesquisar sobre os seus interesses no idioma escolhido. Caso contrário, você vai ter que se esforçar mais um pouco, mas sempre dá para aprender mais sobre o seu próprio trabalho, por exemplo, em outro idioma. Pesquise e se aventure, pois o importante é manter contato!

 

  • O estudo focado

Até agora, as dicas foram mais gerais e focadas na inclusão da língua que você está estudando na sua rotina normal. Mas algumas rotinas novas precisam ser criadas para levar o aprendizado a sério. Para focar, você deve usar as dicas anteriores, mas com metas claras, que podem ser:

 

– Para o tempo: é preciso saber o quanto você pode dedicar ao estudo, de forma realista, e de fato se esforçar para cumprir a carga horária semanal que você mesmo estipulou. Você pode adequar, compensar, etc., mas o ideal é seguir de verdade. Pois um dia perdido é um dia perdido, mesmo se você correr atrás depois.

 

– Para as atividades: ainda que você não tenha com quem conversar em inglês quando está em casa, você precisa estabelecer parâmetros de comunicação. Por exemplo, vou escutar dois Ted Talks por semana, ao menos duas vezes cada, e ler as transcrições para entender tudo o que está sendo dito. Quem sabe um livro por mês? Cinco reportagens por semana? E por aí vai… Isso normalmente vai melhorar, inclusive, a sua pronúncia.

 

  • Interação à distância

Finalmente, nenhum estudo de língua está completo sem você conseguir interagir com outras pessoas. Aprender um idioma passa necessariamente pela necessidade de usá-lo e, para isso, é preciso ter com quem se corresponder e conversar. Mas cuidado com a muleta: às vezes, quem faz aulas online, por exemplo, acaba deixando para trás todos os outros afazeres que discutimos aqui. A pessoa entra numa zona de conforto, em que somente o curso a conecta com o mundo na língua que ela decidiu aprender. Isso é um erro!

 

As aulas (online ou não) são uma oportunidade de ouro para melhorar a conversação e tirar dúvidas. Encare-as dessa forma. Isso vai fazer o óbvio ser levado à sério: que aprender uma língua estrangeira requer a integração dela com a sua vida. E aí as conversas e atividades com seus amigos e professores vão realmente aumentar de nível!

 

Para outras dicas como estas, fique ligado no blog! E até a próxima!

Quer saber mais sobre nossos cursos?

Quer saber mais sobre nossos cursos?



Home >

Conheça o Instituto

em um dos cursos?

Agende sua reunião gratuita!






X

Conheça o Instituto

Agende sua reunião gratuita!
Agendar minha reunião
Teste seu inglês!
Venha testar seu nível de inglês
Saiba mais! X