Como iniciar uma conversa em inglês

contact us



09 de agosto de 2017

 

No nosso dia a dia empresarial, e também em grande parte da nossa vida pessoal, temos a necessidade de iniciar, manter ou terminar uma conversa em inglês.

 

A globalização e a disseminação da internet tornaram necessária a utilização de uma ”língua universal” para facilitar a comunicação entre os povos distintos e evitar uma “torre de babel”.

 

Portanto, a língua escolhida foi o inglês. Muitos se perguntam por que o inglês foi escolhido como a língua mundial. E a realidade é que não existe uma resposta única para isso.

 

Há uma série de fatores, que vão desde a sua facilidade de ser aprendida até a proeminência cultural e econômica dos países de língua inglesa.  Como exemplo, a Inglaterra exerceu sua hegemonia global desde o século XV até o inicio do século passado.

 

Em seguida, os Estados Unidos começaram a expansão de sua esfera de influência e se tornaram o centro cultural e econômico do mundo. Assim, o inglês foi reforçado como a língua das comunicações e teve um crescimento gigantesco depois do período das grandes guerras mundiais.

 

Isso sucedeu também em grande parte devido à própria internet e à revolução por conta da sua criação, que tiveram início nos Estados Unidos. Logo, é natural que grande parte dela esteja na língua de seu país de origem.

 

As conversas em inglês

 

Depois dessa breve explicação do porquê o inglês é a língua dominante nas relações entre os países, sejam elas econômicas, diplomáticas, culturais ou de turismo, vamos aprender um pouco mais sobre conversas em inglês.

 

Mesmo depois de anos de estudos, conversar com um nativo pode parecer assustador para a maioria das pessoas. Isso acontece por muitos motivos, como o sotaque, as expressões do dia a dia e as próprias peculiaridades do seu interlocutor.

 

Esses medos devem ser pouco levados em consideração, pois a grande maioria dos interlocutores nativos de inglês que estão no meio comercial tem muita paciência e são treinados para falar com outras pessoas que têm o inglês como segunda língua.

 

Mas fora essas conversas com executivos, você terá contato, em outros países, com outras pessoas que têm o inglês como língua nativa.

 

No cotidiano, algumas pessoas podem querer puxar assuntos com você em filas de banco, salas de espera, parques, etc. Essas são as famosas “small talks” ou bate-papos, como chamamos aqui.

 

Claro, essa vontade de “puxar assunto” pode não vir só das outras pessoas, esses são ambientes em que uma conversinha cai muito bem, até mesmo para tirar dúvidas sobre os procedimentos do local.

 

Por isso, essa é a hora de utilizar algumas expressões que funcionam muito bem para começar as conversas.

 

Expressões úteis:

 

Vamos conhecer algumas expressões que podem facilitar a sua vida na hora de puxar assunto em inglês.

 

Iniciando uma conversa:

 

  • Hello! How are you? – Olá! Como vai você?
  • How are you doing? – Como vai você?
  • Nice to meet you! – Prazer em conhecê-lo/la!
  • I am fine, thanks! – Estou bem, obrigado/a!
  • I am fine, and you? – Estou bem, e você?
  • How long have you been waiting here? – A quanto tempo você está esperando aqui?
  • How do you fell? – como você está se sentindo?
  • What a surprise! – Que surpresa!
  • I did not expect to see you here. – Eu não esperava encontrar você aqui.
  • Nice weather, isn’t it? – Dia bonito, não é?
  • How is your family? – Como está a família?

 

Meio de conversa:

 

  • Just now! – Agora mesmo!
  • Let’s drop the subject – Vamos mudar de assunto.
  • No matter. – Não tem importância.
  • So far. – Até agora.
  • It takes time. – Leva tempo.
  • There is no hurry. – Não há pressa.
  • Point of view. – Ponto de vista.
  • Once and for all. – De uma vez por todas.
  • Out of date. –
  • Know by sight. – Conhecer de vista.
  • It is a matter of time. – É questão de tempo.
  • It is a no go. – Não tem chance.
  • In vain. – Em vão.
  • In time. – Em tempo.
  • It is up to you. – É sua decisão.
  • It does not make sense. – Isso não faz sentido.
  • It does not matter. – Isso não importa.
  • I wish I knew. – Eu gostaria de saber.
  • Hurry up! – Depressa!
  • Hard times. – Tempos difíceis.
  • Get in trouble. – Se meter em confusão.
  • Go to waste. – Desperdiçar.
  • Go into details. – Entrar em detalhes.
  • From time to time. – De tempos em tempos.

 

Essas expressões vão ajudar você a iniciar, manter e terminar conversas. Algumas delas são mais conhecidas que outras e, por isso, mais usadas, mas todas elas têm sua importância.

 

Lembre-se, esse é um conselho para qualquer conversa e em qualquer língua. Quando se relacionar com desconhecidos ou com colegas de trabalho, mantenha sempre a educação e a gentileza.

 

No inglês, isso deve ser levado em conta especialmente para controlar o número de contrações e gírias utilizadas. Assim, com essas dicas, você deve estar preparado para enfrentar todos os “small talks” que acontecerem.

Quer saber mais sobre nossos cursos?

Quer saber mais sobre nossos cursos?



Home >

Conheça o Instituto

em um dos cursos?

Agende sua reunião gratuita!






X

Conheça o Instituto

Agende sua reunião gratuita!
Agendar minha reunião
Teste seu inglês!
Venha testar seu nível de inglês
Saiba mais! X